"Clotilde" encanta crianças com sua história cheia de humor | Aletria

"Clotilde" encanta crianças com sua história cheia de humor

Publicado:

História nasceu das vivências de Jussara Person e Soraia Uno, que inventavam seus próprios recursos para enriquecer as atividades com as crianças na sala de aula



Lutar por uma educação infantil de qualidade sempre foi uma bandeira das pedagogas Jussara Person e Soraia Uno. Durante os 30 anos de carreira, elas defendera o ensino às crianças pequenas em uma sociedade que ainda não entendia o valor da educação infantil. Sem ter em mãos a estrutura que precisavam, elas inventaram recursos, fizeram seus próprios materiais e criaram mundos por meio de suas histórias.

Entre essas histórias está “Clotilde”, que fala sobre uma jiboia faminta que passa por poucas e boas para matar a fome. A narrativa, inspirada na cantiga tradicional do Padre Zezinho “A Jiboia”, fez sucesso dentro e fora da sala de aula e foi contada diversas vezes pelas professoras em Sorocaba, cidade onde moram no interior de São Paulo.

O que elas não podiam imaginar é que a Clotilde tinha uma jornada muito maior pela frente: se transformaria em livro e chegaria a crianças em todo o Brasil. Isso foi possível por meio das ilustrações de Marcel Bartholo e da publicação da mineira Editora Aletria.



“Começamos a inventar histórias quando passamos por uma experiência de dar aula em uma escola municipal que ainda estava se estruturando para oferecer educação infantil. As aulas aconteciam ao ar livre, debaixo de árvores e para dar vidas às histórias e atividades usávamos o que tinha ali mesmo, como gravetos e pedrinhas. Nessa época nossa imaginação teve que crescer muito”, conta Jussara.

Ela afirma que a história da Clotilde sempre fez um sucesso particular com as crianças porque aguça a curiosidade, causa um certo suspense e tem muito humor. A ideia de transformar a história em livro partiu da amiga Soraia.

“Clotilde nasceu da conversa de duas amigas professoras e o livro é fruto do sonho de levar a história para o Brasil todo. Por isso investimos em cursos de escrita, aperfeiçoamos a história, incluímos a ilustração e só faltava a edição. Enviamos o original para a Aletria e quando recebemos o ‘sim’ da editora foi a realização de um sonho”, relata Soraia.

Assista ao booktrailer:


A editora-chefe da Aletria, Rosana de Mont’Alverne, afirma que o encanto pela Clotilde foi imediato. “Quando a história da Jussara e da Soraia chegou, sabíamos que tinha de ser publicada. Ela traz dois temas fundamentais da primeira infância: a astúcia e o cuidado, conceitos que a criança pequena assimila de imediato porque é assim que aprendem a se proteger e a mostrar aos ‘gigantes’ (os adultos) que a rodeiam que pode vencê-los pela esperteza. Por isso gostam tanto de histórias e brincadeiras de ‘vou te pegar’ ou ‘vai te pegar’. É assim que se afirmam como seres em desenvolvimento que conseguem, brincando, se livrar dos perigos da vida”, destaca.

Além da história, o livro também traz uma pequena cantiga sobre a Clotilde ao final. Em breve a obra também ganhará uma versão em audiolivro, que traz a música com a melodia de uma cantiga tradicional chamada “A cobra não tem pé”.

> Gostou? O livro está disponível para compra aqui.

Se você perdeu o lançamento assista abaixo todas as atividades que fizeram parte da programação:





Oficinas:









Voltar