Os muitos convites de Dentro de casa | Aletria

Os muitos convites de Dentro de casa

Publicado: 29/07/2020

Por Fabíola Farias*



Para mim, tem sido cada vez mais difícil definir um livro para crianças. Há muito abandonei o termo livro infantil, por entender que infantil se refere ao seu leitor prioritário, e não ao objeto livro. Essa reflexão, para os que nela veem importância, pressupõe concepções de infância, de livro e de leitura cuja discussão aprofundada não cabe aqui.

O certo, não no sentido de correto, mas de constatável, é que há características que acabam direcionando os livros para as crianças: temas, formatos, volume de texto, ilustrações, selos editoriais... 

Dentro de casa, escrito e ilustrado por Bruna Lubambo, recentemente publicado pela Aletria, é um livro que será colocado, sem dúvida, nas estantes destinadas aos pequenos, tanto nas livrarias, quanto nas bibliotecas. Mas é, no meu entendimento, um livro para todas as idades, com entradas e convites distintos.

É provável que as crianças leiam e vejam esse livro a partir de sua experiência, identificando pontos comuns – eu também já fiz isso! – ao narrado e imaginando como seria fazer aquilo que acabou de descobrir, na leitura, possível.

Nas mãos de uma leitora adulta, dessas que se abrem sem julgamentos prévios a experiências até então aparentemente pouco promissoras, a narrativa criada por Bruna Lubambo pode ser experimentada de outro lugar, pelo olhar de quem percebe e significa a fantasia, que nunca foi exclusividade das crianças.

Os bons livros costumam não ter idade, em todos os sentidos: não envelhecem, mesmo que apresentem marcas do seu tempo, e se oferecem a crianças, jovens e adultos, a cada um no seu momento, dentro de suas possibilidades, mas sempre potente em seus convites. 

*Fabíola Farias é graduada em Letras, mestre e doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais, com estágio pós-doutoral em Educação na Universidade Federal do Oeste do Pará. Também é leitora-votante da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Voltar